Trabalho de Conclusão de Curso  

PARÂMETROS ERGONÔMICOS: Aplicação em residência unifamiliar para cadeirante

Tons da Arquitetura apresenta o Trabalho de Conclusão de Curso Técnico de Edificações pela ETEC Getúlio Vargas, das alunas Beatrice Akiko Bartels, Bruna Kaori Takahashi de Freitas, Caroline Bonfim Lucas, Victória Souza Vaz. Uma proposta para uma edificação com estudos sobre ergonômia aplicando em um residência com cadeirante.

Resumo

O objetivo deste presente trabalho é abordar as aplicações dos parâmetros ergonômicos em uma residência unifamiliar. Será visto brevemente sua história de necessidade de inclusão desde os anos de 1950 nos países Europeus e nos Estados Unidos devido às guerras e mais tarde por causa da evolução da tecnologia levando a sociedade ao uso de automóveis, o que sucessivamente aumenta o número de cadeirantes em consequência do aumento de acidentes ocorridos com automóveis. Em seguida serão apresentados todos os fatores que são influenciados ou que serão alterados. São eles: a escolha do terreno, as alterações que o mobiliário necessita para ser utilizado e a estrutura da residência que também apresentará mudanças, como por exemplo, corredores mais largos. Com base nesses estudos e nas exigências da NBR 9050 – 2004 a habitação terá parâmetros específicos para cadeirantes em todos os lugares, haverá nas circulações uma medida mínima para que o cadeirante possa realizar a manobra sem ajuda ou necessidade de deslocamento, as portas terão um vão maior e as maçanetas serão mais baixas, assim como o peitoril das janelas. Está residência poderá tanto ser utilizada por portadores de deficiência como por não portadores. Será feita com o intuito de que não haja necessidade de reformas futuras.

 

Objetivo

Apesar de já existirem legislações que regulamentam a acessibilidade para todos, é possível observar avanços somente no comércio e instituições públicas, nas residências poucas modificações são observadas. Para que haja uma integração de deficientes motores na sociedade urbana, é preciso que exista tanto uma inclusão como modificações nas cidades para que torne o acesso de cadeirantes aos locais mais fácil como de pessoas não portadoras de deficiência.

 

Justificativa

É de fundamental importância a inclusão de pessoas com deficiências físicas na vida cotidiana para que estas tenham uma vida independente assim como previsto na declaração de direitos humanos.

Segundo o Censo Demográfico de 2010, realizado pelo IBGE (Instituto brasileiro de geografia e estatísticas), a deficiência motora é a segunda mais relatada pela população, atingindo 7% dos brasileiros. A deficiência motora severa foi relatada por mais de 4,4 milhões de pessoas.

Confira a monografia completa aqui.  

Confira os Slides da apresentação.  

Os Slides apresentados abaixo foram elaborados pelos alunos e foram usados na defesa do trabalho perante uma banca avaliadora.

1/21

Confira o Projeto 

O Projeto abaixo foi executado pelos alunos observando situações reais. 

É permitida cópia citando os autores.

Dados do Projeto:

TCC apresentado em Novembro de 2015 

ETEC Getúlio Vargas

Alunos: Beatrice Akiko Bartels, Bruna Kaori Takahashi de Freitas, Caroline Bonfim Lucas, Victória Souza Vaz

Orientador: Arq. Elton S. Guedes e Eng. Sandra Regina Palmieri

@2015 tons da arquitetura | Arquitetura, Urbanismo & Design

São Paulo, Brazil  - tonsdaarquitetura@gmail.com - Telefone

As fotos e autores dos projetos são mencionados em cada conteúdo

Siga-nos

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
  • Pinterest - círculo cinza

Conteúdo desse site é produção intelectual e pode ser livremente divulgado citando a fonte

Todos os direitos reservados