My Items

I'm a title. ​Click here to edit me.

Mais 7 dicas de organização de armário de roupas (post 2)

Se você está lendo esse post antes precisa ver esse aqui: 7 Dicas para organizar seu armário de roupas. Continuando nossa organização, abordaremos mais 7 dicas de organização de armários de roupas. Agora iremos refinar a organização agindo em focos menores. Então vamos para nossas Dicas. 8. NICHO, PRATELEIRA E GAVETA Está com dúvidas e não sabe o que acomodar nos nichos, prateleiras e gavetas do seu armário? Nichos e prateleiras: Coloque peças com tecidos mais encorpados, mas não faça pilha muito alta, porque pode desmoronar cada vez que for pegar uma peça. Como roupas de frio com tecido grosso. Podemos também colocar elementos como bolsas, calçados, perfumes... Gavetas: Aqui podemos colocar camisetas dobradas, peças íntimas, meias, camisolas, shorts e roupas de ginástica. Algo muito útil para gavetas são colmeias. Experimente!!! Agora vamos falar sobre produtos organizadores. Existem diversas opções no mercado. Já adiantamos para não sair comprando o primeiro que aparecer na sua frente. Há necessidade de analisar suas necessidades antes, ou vai gastar dinheiro à toa. Nossas próximas dicas trarão conhecimentos sobre produtos organizadores. 9. EVITE PRODUTOS ORGANIZADORES REDONDOS Dê preferência para cestos e caixas organizadoras "quadradas". Evite os modelos redondos, pois eles acomodam menos itens em seu interior e ocupam mais espaço nas prateleiras e nichos. Quando escolher caixas organizadoras quadradas dê preferência para as que possuem abertura para ventilação. 10. CESTOS, CAIXAS ORGANIZADORAS E COLMEIAS Se você não dispõe de muitas gavetas, o ideal é usar cestos, caixas organizadoras e colmeias dentro dos nichos e prateleiras. Eles farão a função da gaveta. Exemplo: você pode juntar todas as peças de praia e colocar dentro de uma caixa organizadora. No caso das colmeias, use para acomodar peças íntimas, meias, gravatas, cinto, camisolas, camisetas e roupas de ginástica. Elas são excelentes para otimizar espaços, manter organizado e ajuda na visualização das peças. 11. ROUPAS DELICADAS Para roupas de festas e tecidos finos, use packs de algodão ou TNT que permitam a circulação do ar. Se você optou em usar uma capa de TNT para guardar as roupas, pendure na lateral do armário, para que as peças não sejam mexidas a todo momento. Isso ajuda na conservação e na organização delas. Não use saco plástico para guardar nenhum tipo de roupa, porque eles não deixam as peças respirarem. A roupa pode mofar. 12. CABIDEIRO Você sabe qual cabide usar? Utilize cabides finos, resistentes e sempre "uma peça por cabide". Eles otimizam espaço no armário. Nem sempre os cabides largos são mais resistentes e eles também ocupam mais espaço. Tente usar cabides do mesmo modelo e cor. Quando os cabides são diferentes para o mesmo modelo de roupa, algumas peças ficam em alturas diferentes, dando impressão de bagunça. Então padronize os cabides e eles darão uma sensação de uniformidade. Alguns tipos de cabide mais usuais. Cabide de veludo adulto: é usado para pendurar roupas como camisas, polo, blusinhas de alça, vestidos, saias e bermudas. Cabide de veludo/acrílico infantil: são indicados para roupas de crianças e calças de adulto. Os de veludos são ótimos pois seguram tecidos mais finos e não os deixam escorregar. Cabide de madeira: usado para casaco mais pesado e ternos, porque são firmes e resistentes para aguentar essas peças. 13. ORGANIZANDO CALÇADOS Hoje no mercado existem inúmeros produtos organizadores para sapatos. Se você tem espaço alto, com pouca largura, pode usar o kit organizador vertical. Eles são excelentes e é possível regular tamanho e altura dos calçados. Outra opção é usar colmeia para guardar sapatilha, chinelo e rasteirinha. Evite usar caixas de papelão, porque elas são suscetíveis à umidade. Se você optar por uma caixa, utilize as de plástico. Elas tem abertura que permite a circulação do ar. Para as botas de cano longo, NÃO AS DOBRE. Para manter o cano alto, utilize enchimento como o macarrão de piscina, por exemplo. 14. ETIQUETAR OS ESPAÇOS Depois que você fez a organização das roupas, conforme as dicas acima. Identifique tudo com etiquetas, facilitará na hora de pegar e retornar uma peça para o armário. A identificação ajuda principalmente na manutenção da organização. Geralmente, os profissionais de organização usam rotuladora, mas você pode usar etiquetas adesivas que podem ser encontradas em papelarias. Agora que o armário está organizado, trazemos algo que é essencial: MANTENHA A ORGANIZAÇÃO DIARIAMENTE Depois do armário organizado, a melhor maneira de continuar com tudo organizado é continuar com a manutenção diária. Siga aquele ditado: "tirou do lugar, devolva para o mesmo lugar". Não deixe nada fora do lugar ou para organizar depois. Espero que tenham curtido o conteúdo. Se sim clica no coração e deixa seu like. Dúvidas e sugestões nos comentários. Até a próxima organização. Cadastre-se e receba as novidades

7 Dicas para organizar seu armário de roupas.

Você é bom em organização? Começo com essa pergunta, pois se você não tem um sol ou ascendente em virgem, praticamente não nasceu com essa característica já desenvolvida. Mas trago aqui 8 dicas para iniciar a organização de seu armário. Mas primeiro gostaria de compartilhar que a organização de ambientes se tornou um mercado promissor, existem profissionais (Personal Organizer = Organizador pessoal) se especializando nesse setor para oferecer esse serviço. Organizar não é uma tarefa fácil, mas ela pode trazer diversos benefícios, proporcionando bem estar e conforto dentro de casa. Para ajuda-los trouxe aqui algumas dicas fantásticas, que trarão alguns métodos utilizados pelos Organizadores pessoais. 1 - Escolha um lugar para organizar Não dá para começar tudo de uma vez, escolha um nicho, uma prateleira, uma gaveta ou um vão de armário, assim você estabelece um foco e consegue criar um cronograma de organização. 2 - Faça uma sessão de desapego Existem peças que estão conosco guardadas há muito tempo. Sempre temos a sensação que precisaremos delas em algum momento. Mas se você já está um tempo sem utiliza-la, pode significar que ela não é mais útil para você. Isso não quer dizer que não pode ser útil para outra pessoa. Desapegue, mas antes faça as seguintes perguntas: - Eu usei isso nos últimos 6 meses? - Eu compraria isso hoje em dia? - Eu realmente preciso dessa peça? - Eu fico feliz quando uso? - Essa roupa representa meu estilo atual? - Essa peça serve em mim? Se as respostas forem negativas para a maiorias das perguntas... Desapegue!!! Aproveito de deixo a Roda do Desapego para ajudar. 3 - Separe suas roupas por categoria Nada melhor que encontrar as peças com facilidade. Separando suas peças por categoria facilitaria muito essa identificação. Outro ponto positivo para esse tipo de organização é a estética, pois cria-se uma setorização. Exemplos: calças, camisas, camisetas, bermudas, blusas... 4 - Organize suas roupas por cor Essa técnica que é bastante utilizada no Visual Merchandising, possibilita um aspecto visual muito organizado e de fácil identificação das peças. Pois as cores criam destaques uma sobre as outras. 5 - Defina um lugar Estabelecer onde cada peça ficará é muito importante para manter a organização após o processo, mas é importante frisar sobre a funcionalidade, pois deixar cada roupa sobre alcance, facilita na hora de pegá-las. 6 - Setorize o armário Primeiro vamos dividir o armário em três partes: Na parte superior guarde: Peças que você usa raramente. Na parte do meio guarde: Peças que você usa diariamente. Na parte inferior: Peças que você usa eventualmente. Há possibilidade de fazer um rodízio de estação, trazendo os agasalhos para uso diário nas estações mais frias do ano. 7 - Pendurar ou dobrar Aparecem muitas dúvidas nesse momento, o que fazer nessa hora? Trago algumas indicações que funcionam bem. Pendurar: camisa, blusa, jaqueta (couro e jeans), blazer, casaco, calça jeans, calça social, saia, vestido e bermuda. Dobrar: camiseta, roupa de ginástica (dryfitness), peça íntima, meia, tricô, lã, crochê, lycra, shorts, bermuda e calça jeans. Em breve postaremos mais 7 dicas para melhorar ainda mais a organização do seu guarda-roupa. Se gostou não esqueça de curtir, comentar e compartilhar. Quer ver a continuação? Clica e veja esse post com mais Mais 7 dicas de organização de armário de roupas (post 2) Até mais !!! Cadastre-se e receba as novidades

Harmonia Acromática no Design de Interiores

Aprenda como fazer uma composição de projeto de interiores com a Harmonia Acromática. Na hora de escolher as cores para compor em um ambiente identificamos que há muitos caminhos, sua mente fica fervendo com dúvidas perante tantas possibilidades para considerar em um projeto de interiores. Posso dizer que comigo funciona assim também. Mas aprendi muitas técnicas dentro da composição de projetos de interiores que facilitaram minha vida. Atuando no mercado de Arquitetura e Design e lecionando nos cursos técnicos de Design de Interiores, onde pude orientar diversos alunos e ensinar a olhar o ambiente de forma mais técnica. Então, hoje vou compartilhar um pouco desses conhecimentos com vocês. Vou falar sobre Harmonia Acromática ou Esquema de Cores Acromático. Primeiro é importante dizer que acromia significa: Não cor, ou seja, não há cromia... não há cores. Vocês já viram um disco de cores ? Onde se apresentam as cores primárias, que misturadas entre si formam as secundárias e por fim as terciárias. Então, digo que na Harmonia Acromática não existe predominância de nenhuma dessas cores. Podendo em alguns momentos, terem toques de outras cores, mas nada que forneça um peso significativo na composição. Mas então vocês devem estar se perguntando: Quais cores compõe essa harmonia? Bom, vamos lá. Para compor nessa harmonia nós devemos usar o preto, o branco e tons de cinza, nada mais. A predominância de cores devem estar nessa paleta mencionada. Um ambiente com Harmonia Acromática poderá seguir vários rumos. Com a predominância de preto, teremos um ambiente com aspecto mais fechado. Com a predominância do branco teremos um ambiente com aspecto de maior amplitude. Dependendo da tonalidade do Cinza também alcançaremos as duas características. É preciso lembrar que as cores transmitem sensações, você pode se aprofundar lendo o livro A Psicologia das Cores: Como as Cores Afetam a Emoção e a Razão da autora Eva Heller e outros títulos que tragam essa temática. Mas vou adiantar alguns desses temas para vocês. O preto que é um dos protagonistas na Harmonia Acromática, representa a ausência de cor ou luz. Segundo Alice Westgate no Livro Cores em Casa o preto pode ser uma cor difícil de usar em interiores, pois remetem a trevas, depressão e luto, mas se utilizada com moderação pode trazer um ar sofisticado. Experimente causar centros de interesse com essa cor e trabalhar com tons de cinza e branco para equilibrar. Se você for um Designer de Interiores, não tenha medo de arriscar, atente-se ao briefing do seu cliente. Se você for um amante de decoração não se preocupe, use o preto com moderação e na dúvida o melhor é contratar um profissional para te ajudar. O branco que também é um importante protagonista na Harmonia Acromática, já é mais utilizado no design de interiores e decoração em geral. Aqui o único cuidado a ser tomado, é não criar uma farmácia ou supermercado somando com uma iluminação de luz fria. Se você usar muito branco, você pode equilibrar com uma iluminação mais quente, trazendo um tom amarelado e aconchegante para o espaço. Não esqueça de analisar se é a melhor opção para o ambiente. O segredo para uma composição e estudo e bom senso. Em breve estará disponível o curso sobre Cores na Composição de Projetos de Interiores. Onde você poderá aprimorar seus conhecimentos. Cadastre-se e receba as novidades

Como acessar o Mapa Digital da Cidade de São Paulo GeoSampa

Atualizamos esse post com o novo caminho para chegar até o mapa digital da Cidade de São Paulo. Após uma atualização no site da prefeitura recebemos várias mensagens alertando sobre a mudança no sistema de busca de informações, então trouxemos para vocês todas essas informações ensinando como baixar em DXF e abrir no CAD o mapa com curvas de nível, lotes ... O primeiro passo é acessar o site da prefeitura, digitando diretamente no buscador "MAPA DIGITAL PREFEITURA DE SÃO PAULO". Será o primeiro link. Você pode digitar ou copiar e colar esse link no seu navegador http://geosampa.prefeitura.sp.gov.br/PaginasPublicas/_SBC.aspx Assim que entrar essa será a primeira página, não é mais preciso fazer login no site. Feche essa notificação clicando no X. Você verá o mapa da Cidade de São Paulo destacado . Então clique em pesquisar (lupa). Abrirá essa tela, clique na aba endereço para nos aproximarmos da área de consulta. Digite o endereço que precisa consultar e clique em localizar, o nome da rua aperecerá abaixo. Caso existam nomes iguais, serão dadas mais opções. Clique no nome do logradouro. Observe que o endereço consultado aparece abaixo ampliado. Clique novamente em pesquisar (lupa). Agora clique na aba Download Imagens MDC, na listagem a esquerda (TIPO) clique e vá até Folhas MDC (DXF e PDF). Agora clique em Selecionar e clique sobre a área do mapa onde localiza-se seu lote, perceba que ficará em azul a área selecionada. Clique em Download. Agora clique em DXF ou PDF para fazer Download, ele iniciará automaticamente. O arquivo virá compactado, você precisa descompacta-lo para poder utilizar. Agora você pode aproveitar o arquivo e inicar seu projeto :D Você irá se interessar por essas postagens ;) Clique Clique Clique Clique Quer ver algum assunto aqui? Ficou alguma dúvida ? Deixe nos comentários ;) #mapa #digital #sãopaulo #Arquitetura #cidade #tons #arquitetos #estudantes #cad #projeto #terreno #lote #geosampa

Alunas criam bloco a partir de cana de açúcar e resíduos da construção civil.

Certamente os profissionais de sucesso no futuro serão os que pensam e agem de forma sustentável, não há possibilidade de cescimento ou de prorpor novas ideias sem se preocupar como isso impacta o meio ambiente. Pensando dessa forma como proposta de Trabalho de conclusão de curso em Edificações as alunas Fernanda Bergami de Oliveira, Laissa Araújo da Silva e Mariana de Jesus Siqueira sob orientação dos professores engenheiros Sandra Regina Palmieri Duarte e Moacir Hiroshi Sakuma Junior da Escola Técnica Estadual Getúlio Vargas desenvolveram um bloco usando resíduos da construção civil e bagaço da cana da açúcar. A ideia rendeu classificação em uma das maiores feiras de Ciência e Tecnologia, a FEBRACE. Você pode ajuda-las a vencer caso tenha gostado da ideia clicando aqui Da composição do bloco: "A elaboração do traço a princípio foi baseada no traço de bloco de entulho do PROHAB- 2007, que ao fazermos a experimentação de tal, percebeu-se que a quantidade de água era insuficiente e a proporção de cimento para areia estava inadequada. Desta forma adequou-se a quantidade de cimento a 1/4 de areia, adotando 1 litro de água variando conforme a mistura." Compostos por areia de entulho, bagaço da cana de açúcar, cimento, pedrisco e água, diversos traços foram montados de forma a variar o bagaço, areia e cimento e assim analisados, montando-se uma lista dos melhores blocos para a realização dos testes. Os traços 2, 4 e 9 foram refeitos em formato de corpo de prova para a submissão aos testes, devido apresentarem uniformidade do formato, bons aspectos de dureza e não conter rachaduras." Observe o processo até obter todos os materiais para o traço. De uma forma positiva o bloco visa um baixo custo atentendo população com menor poder aquisitivo, traz a tona a discussão sobre construção civil e sustentabilidade, mostrando a importância de desenvolver uma cultura sustentável. Esse tipo de pensamento que as novas geraçõs precisam ter, mas é necessário incentivo para que novas ideias ecológicas apareçam, tornando o futuro possível. Gostou da ideia? Nao esqueça de ajuda-las curtindo o projeto no concurso da Febrace. ;)

Apartamento lúdico inspirado em brinquedos Legos

Aposto que muitos já sonharam com uma decoração temática para sua casa. O limiar entre o clichê e as boa aplicação de ideias se torna bem tênue. É importante fazer um projeto com pontos fortes mesclando com contemporâneo, dando um ar de atualidade e originalidade. Trouxemos esse projeto bem interessante inspirado no LEGO®, um apartamento inteiro decorado e com referências à um dos brinquedos mais famosos e que acompanharam a infância de muitas pessoas. Vamos começar observando a Planta do Apartamento, o Programa de Necessidades se distribui em Sala integrada com a Cozinha, Área de Serviço, Dormitório, Suíte, Banho Suíte, Banho Social e Terraço. A Sala foi elevada como um palco e recebeu um sofá circular com uma mesa central rebaixados, explorando a dinâmica de interação no ambiente. A TV assume um papel secundário e rebaixos remetendo a escotilhas servem como armário e local para brincadeiras. O Terraço é uma extensão da Sala, Transição é bem demarcada pelo degrau e material de piso. Um armário que ocupa a parede inteira recebe cor nos nichos remetendo peças Legos, na parede oposta prateleiras lembram peças de encaixe e sua forma curva reforçam o traço marcado pela ilha central com sofá, junto à uma mesa para refeições rápidas. Fotos: Hey!Cheese Integrada com a Sala a Cozinha possui uma mesa central divisória com tampo em mármore e base com móvel que remete as peças de encaixe da Lego®. A cor laranja do armário é marcante e se destaca na parede em cimento queimado, uma lousa explora a interação artística entre família. O quadro de Van Gogh chama atenção e sua descentralização na parede é proposital, pois ele esta alinhado com o móvel do chão (não ficou bom rs). Fotos: Hey!Cheese Acompanhe mais algumas fotos desse projeto bem interessante. Nessa foto abaixo aparecem detalhes da iluminação feita com trilhos spots, plafon e pendente. É possível observar a elevação do piso a escada que dá acesso e os gavetões. Foto: Hey!Cheese Foto: Hey!Cheese Foto: Hey!Cheese Foto: Hey!Cheese Foto: Hey!Cheese Foto: Hey!Cheese Foto: Hey!Cheese Foto: Hey!Cheese Foto: Hey!Cheese Foto: Hey!Cheese Foto: Hey!Cheese Esse projeto usa vários materiais contemporâneos com toques lúdicos que remetem a brinquedos e brincadeiras, facilmente poderia transformar adultos em crianças, e nelas despertar o quão importante é ter espaços para estimular a percepção e inteligência desde sempre. O projeto é assinado pela HAO Design e as fotos são de Hey!Cheese #Apartamento #Lego #tons #Arquitetura #lúdico #comtemporâneo

Hotel Subaquático será construído em Dubai

Dubai parece não ter limites quando falamos em arquitetura futurista, são novos projetos surgindo demonstrando que dinheiro não é um problema. Depois da quadra submersa de tênis agora o projeto que brevemente será construído é um Hotel com áreas submersas. The Waters Discus é um hotel subaquático possui dormitórios submersos com uma impressionante vista para um recife de corais, piscinas de lazer, piscinas de treinamento de mergulho, spa, restaurante e vários outros atrativos. Cortesia Deep Ocean Technology Nas imagens abaixo você poderá observar os atrativos externos desse projeto que podemos dizer ser bem pretensioso. Você terá duas possibilidades de transporte para acessar o Water Discus, helicóptero ou lancha. Cortesia Deep Ocean Technology Durante o dia pode descansar e pegar um bronzeado no deck do disco principal. Cortesia Deep Ocean Technology Cortesia Deep Ocean Technology Cortesia Deep Ocean Technology Cortesia Deep Ocean Technology Cortesia Deep Ocean Technology É importante citar que o Waters Discus foi projetado com módulos que podem ser expandidos ou transportados para outros locais, isso traz bastante versatilidade e a possibilidade de mudanças se adequando as necessidades que sejam observados com o uso pelos hóspedes. Cortesia Deep Ocean Technology Cortesia Deep Ocean Technology O disco principal sobe e desce dando a possibilidade de dormir no fundo do oceano ou um pouco acima do nível do mar. Observe abaixo o disco inferior, ele é móvel Cortesia Deep Ocean Technology Veja seu funcionamento no vídeo abaixo. Cortesia Deep Ocean Technology Observe os dormitórios que são os maiores atrativos. Imagine dormir no fundo do oceano, essa ideia pode causar um certo desconforto inicial, mas dá para se acostumar com essa possibilidade se pensar no amanhecer dos raios solares penetrando pela água do mar. (uns dois dias no máximo, rs). Cortesia Deep Ocean Technology Cortesia Deep Ocean Technology Cortesia Deep Ocean Technology Outras áreas de alimentação também estarão submersas, e será possível se alimentar observando os corais e cardumes coloridos. Cortesia Deep Ocean Technology Cortesia Deep Ocean Technology Cortesia Deep Ocean Technology Quem nasceu na década de 70 a 90 vai se lembrar do filme Jaws (Tubarão) e provavelmente ficará com muito receio de frequentar esse hotel e dormir tranquilamente. É inegável que é uma mega construção e merece atenção, é mais uma construção com arquitetura futurista que vem se multiplicando. E você se hospedaria nesse hotel? #tons #arquitetura #dubai #discus #water #hotel #oceano #deep #travel

Aplicativos para simulação de cores em ambientes

Duas das maiores empresas de tintas no Brasil lançaram há um certo tempo, novos aplicativos para testar as cores antes de aplicar nos ambientes. Virem para ajudar Arquitetos e Designers na escolha das cores, que são tão importantes para realizar um bom projeto. Falaremos da inicialmente do aplicativo Coral Visualizer. Você pode baixá-lo para Android e IOS. Como ja mencionamos é para simulação de cores, então basta apontar o celular para a cena que deseja testar e começar a escolher as cores e você ainda pode visualizar em tempo real movimentando o celular pelo ambiente. Veja o app funcionando: Fonte: Coral Salve as fotos durante ou após o processo. Outra opção de aplicativo é o Crie Suvinil, sua proposta é bem similar ao da Coral, mas a diferença é que você precisa marcar os pontos contornando objetos e delimitando a parede. Você pode baixá-lo para Android e IOS. Veja seu funcionamento: Fonte: Suvinil Veja o segundo vídeo: Fonte: Suvinil Usando esses aplicativos é possível tirar um foto e dar o comando para que ele reconheça a cor de um objeto gerando sugestões de paletas de cores automaticamente facilitando a harmonização do ambiente. Como todo profissional sabe, antes da aplicação é necessário fazer a aplicação em um ponto da parede, pois as cores visualizadas nas telas eletrônicas podem diferenciar das aplicadas na parede. Se você gostou desse app, vai adorar o aplicativo para aferições de medidas e para editar ambientes. Clique nas imagens. Dúvidas deixe nos comentários abaixo ;) #aplicativos #simulação #cores #ambientes #tons #Arquitetura

App para Estudos Volumétricos em Projetos Arquitetônicos

Já imaginou pensar na volumetria do seu projeto arquitetônico em 3D e dar vida a essa forma usando o seu smartphone? Pensar na volumetria da edificação muitas vezes é o primeiro passo para alguns arquitetos após levantar os dados do terreno, como área, curvas de nível, zoneamento, etc. Agora com esse aplicativo é possível usar seu celular para pesquisar e baixar um trecho no Maps e conseguir propor uma volumetria diretamente no terreno. O aplicativo FormIt da Autodesk vem com essa proposta, a tela de trabalho é bem parecida com o SketchUp, ou seja, é bem simples de entender e executar as formas. Veja o vídeo abaixo. Fonte: Autodesk Building Solutions Com certeza é uma alternativa para o processo projetual, tudo que traz facilidades não vem para substituir e sim agregar mais ferramentas para desenvolver cada vez mais projetos bons e eficientes. Veja esse vídeo com mais funcionalidades Fonte: Autodesk Building Solutions Outra funcionalidade bem interessante esta em analisar a insolação e posteriormente refinar o projeto no Autodesk Revit. Está disponível para IOS, Android e pode ser acessado pelo computador no FormIt 360. Por que pensar apenas em 2D se existem ferramentas em 3D? Que tal unir todas as ferramentas e cada um desenvolver seu processo projetual. Antes meu processo projetual seguia essa sequência (clique), mas já estou repensando ;) Se você curtiu esse post também irá se interessar: Nova tecnologia para aferição de medidas de ambientes Já utilizou esse app? Divida suas experiências conosco nos comentários abaixo. #app #aplicativo #estudos #volumétricos #projeto #arquitetônico #projetos #arquitetônicos #formit #autodesk #revit

Mapa Digital da Cidade de São Paulo

24/03/2016 Acesse aqui o post atualizado com o novo caminho para acessar as informações :D Foi o tempo que era necessário ir até Emplasa e pagar pela impressão dos mapas de Cidade de São Paulo com as curvas de nivel ou quando tinha arquivo em .TIF e precisava inserir no CAD escalonar e desenhar por cima. Agora é possível baixar esses mapas em DWG e simplesmente iniciar o projeto, claro se você for estudante, pois se você é profissional da área contrate um Topógrafo para realizar o levantamento planialtimétrico :) Resolvi trazer nesse post um passo a passo para chegar ao arquivo do Gegran em CAD. O primeiro passo é acessar o site da prefeitura, digitando diretamente no buscador "MAPA DIGITAL PREFEITURA DE SÃO PAULO". Será o primeiro link. Ao acessar você será direcionado para essa página. Crie seu login e senha. Será enviado para seu e-mail confirme e volte para o site fazendo login com a senha que lhe foi atribuída (impossível de decorar :/ ). Assim que fizer o login verá essa página com legenda, indicando para que serve cada botão. Feche a janela e você verá o mapa da Cidade de São Paulo destacado. Então clique em pesquisar (lupa). Abrirá essa tela Digite o endereço que precisa consultar e clique em localizar, o nome da rua aperecerá abaixo. Caso existam nomes iguais, serão dadas mais opções. Clique no nome do logradouro. O mapa aparecerá com uma numeração clique na ferramenta selecionar(mão apontando com dedo indicador) e selecione o quadro onde seu lote esta inserido. Sempre bom ter um cruzamento de ruas para facilitar a localização do terreno. Assim que clicar terá a opção de salvar, escolha DXF e salve o arquivo. Ele virá compactado, descompacte e abrao arquivo. Pronto localize o lote e bons projetos. Você irá se interessar por essas postagens ;) Clique Clique Clique Clique Quer ver algum assunto aqui? Ficou alguma dúvida ? Deixe nos comentários ;) #mapa #digital #sãopaulo #Arquitetura #cidade #tons #arquitetos #estudantes #cad #projeto #terreno #lote

Aplicativo para escanear o mundo real - Project Tango

Já imaginou escanear o mundo em 3D? Já pensou usar uma nova tecnologia para mapear espaços e integrá-los a outros softwares refinando os acabamentos e apresentar uma proposta de Projeto Arquitetônico ou de interiores para seu cliente? Parece filme de ficção científica, ou algo surreal visto apenas em filmes, mas já foi lançado e provavelmente em pouco tempo essa novidade estará mais ao alcance das suas mãos.. ​Para "variar" mais uma vez a Google entra em cena e lança o Project Tango que é um smartphone capaz de mapear o mundo em 3D, isso mesmo você aponta move o celular e ele faz a leitura gerando uma espécie de maquete. Veja abaixo ele funcionando: Fonte: TechCrunch No lançamento que ocorreu em 2013, a Google entregou kits para desenvolvedores elaborarem aplicações para essa tecnologia. Já existe um aplicativo chamado Room Plan Pro for Project Tango veja ele funcionando. Custa em torno de R$ 17,37 na loja de app. Segundo a empresa desenvolvedora: "Com esse aplicativo você pode criar plantas baixas e modelos CAD de seus espaços interiores em tempo real usando o poder do Projeto Tango Você grava todos os cantos ou paredes da sala e da tecnologia roomplan irá processar os dados e calcular um modelo 3D do seu quarto". O app dá-lhe os seguintes dados:

-modelo de planta baixa e CAD

-metros quadrados

-altura da sala -exportar para: DXF Veja ele funcionando Fonte: Room Plan TGU Existe uma variedade de aplicativos para escanear o mundo em sua volta em tempo real, mas você precisa ter o tablet ou smartphone compatível procure com o nome de Project Tango na loja de aplicativos. E mais uma vez para variar, um tablet lançado em 2014 já possui essa tecnologia e esta sendo vendido nos Estados Unidos somente. Vamos torcer para chegar logo aqui *_* Veja agora que é possível escanear também externamente. ​ Veja o vídeo abaixo do tablet. Fonte: GoogleATAP Ainda não dá para substituir a trena, pois não á garantido exatidão nas medidas, mas parece que estamos caminhando para muito mais que isso. Compartilhe com os amigos essa novidade tecnológica ;) #Aplicativo #app #escanear #mundo #tempo #real #project #tango #tons #Arquitetura #google

Como fazer os Cálculos básicos de Zoneamento - C.A. e T.O.

Projetar edificações exigem do profissional vários conhecimentos e uma reunião bem complexa de informações, é necessário a coleta de dados e cálculos, análise de perfil, visitas técnicas, etc. Uma dessas informações imprescindíveis são os cálculos de zoneamento. Esses cálculos são regidos pelo Plano Diretor do município e vão auxiliar na distribuição do uso e da ocupação do solo, aferir o potencial máximo construtivo do terreno e o quanto é possível construir. Eles são essenciais para aprovar o Projeto Arquitetônico na Prefeitura. Vamos ver o passo a passo do que é necessário para realizar esses cálculos, consultando as informações no site da Prefeitura de São Paulo que é um dos mais completos para estudos. Clique aqui para aprender a acessar as informações do Mapa de Uso e Ocupação do Solo e Quadro IV. Pontuando. 1º Com os dados do terreno em mão é necessário localizá-lo no Mapa de Uso e Ocupação do Solo e visualizar na legenda a cor e ver qual a zona que ela esta indicada. Veja se o tipo de Uso (residencial, comercial, industrial ...)da Edificação poderá ser construído nesse local. 2º Após localizar a Zona que esta inserido, acesse o Quadro IV e verifique: C.A. = Coeficiente de Aproveitamento - Aqui indicará quantos M² poderão ser construídos no terreno; T.O. = Taxa de Ocupação - Aqui será indicado em m² quanto a edificação ocupará no lote, respeitando os recuos; Recuos: Frontal, Lateral e Posterior - Aqui são exigências para atender a salubridade no caso de recuos laterais e para possíveis intervenções nas vias nos recuos frontais. Gabarito de Altura: Aqui indica quanto sua edificação pode ter de altura. Taxa de Permeabilidade: Área mínima de porção verde onde as águas pluviais poderão ser absorvidas pelo solo. Observando essas informações vamos aos Cálculos. Trabalharemos com um terreno localizado na Rua dos Patriotas. As dimensões do lote nos dão uma área de 1076,195m². Consultando o Mapa de Zoneamento observamos que o terreno encontra-se em uma ZM-2, ou Zona Mista de Média Densidade, indicado pela hachura cinza claro olhe a legenda no lado direito do mapa. Abaixo visualize a marcação da quadra onde localiza-se o terreno. Após identificar a Zona de Uso, consulte o Quadro IV e confira os índices para os cálculos. Observe que fiz uma identificação em vermelho destacando o que é para ser considerar no cálculo. Vamos ao Calculo do C.A. usando o máximo para ter um "melhor" aproveitamento do potencial construtivo. Multiplique o m² do terreno pelo C.A. / 1.076,195m² x 2,00 = 2.152,39m² Calcule a T.O. Multiplique o m² do terreno pela T.O. / 1.076,195m² x 0,50 = 538,09m² Vamos aplicar esses valores no terreno e fazer uma proposta volumétrica. Abaixo considerando um volume com 538,09 m² é possível construir 4 pavimentos com essa área. Observe que atingimos o máximo do C.A. sem avançar sobre o máximo da T.O. É possível também aumentar o número de pavimentos e diminuir a T.O. Observe que temos agora oito pavimentos de 269,04m² (8 x 269,04m² = 2152,36m²). Esses são os dois cálculos principais, ainda é necessário verificar, os recuos , o gabarito de altura, a taxa de permeabilidade, além de olhar ítens na legislação, mas abordaremos em outro post para não estender muito esse ;) Dúvidas e experiências deixe nos comentários abaixo!!! #cálculos #zoneamento #arquitetônicos #arquitetura #tons #projeto #prefeitura #uso #ocupação #solo #quadroVI

@2015 tons da arquitetura | Arquitetura, Urbanismo & Design

São Paulo, Brazil  - tonsdaarquitetura@gmail.com - Telefone

As fotos e autores dos projetos são mencionados em cada conteúdo

Siga-nos

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
  • Pinterest - círculo cinza

Conteúdo desse site é produção intelectual e pode ser livremente divulgado citando a fonte

Todos os direitos reservados